Você sabe onde está cada um dos seus centavos?

Use cada um dos seus centavos para conquistar seus sonhos!

Foto: Divulgação

Precisamos entender que ter qualidade de vida está em mudarmos a forma como lidamos com o dinheiro, e isto tem sim a ver com priorizar objetivos e deixar de fazer aqueles gastos desnecessários.

O desemprego vem caindo nos ultimos meses, segundo o IBGE. E com essa boa notícia, temos que buscar alternativas para fazer nossa reserva financeira e pensar em um futuro mais seguro. Só quem está saindo de uma fase de desemprego sabe a importância desta pergunta: “Se você perdesse o seu ganho mensal, por quanto tempo conseguiria manter o seu atual padrão de vida?”

Portanto, rever os hábitos e não entrar em uma bola de neve financeira é importante. Reserve uma quantia para as necessidades básicas, evite recorrer a limites e se endividar.

Aproveite e veja estes sites:

• www.consumidorpositivo.com.br

A Boa Vista SCPC, empresa especializada em informações de crédito, tem um sistema de consulta online gratuita do score de crédito. Lá você consegue ver sua pontuação, que pode oscilar entre zero e 1.000. Muitas instituições de empréstimos/financiamentos/vendas consultam esses dados para conhecer o risco de inadimplência ao disponibilizar crédito para os clientes.

• www.serasaconsumidor.com.br/score

Dentre os motivos que pioram a nota no consumidor positivo (site acima), o principal é a negativação, situação em que o nome da pessoa está ‘sujo’. Podemos cadastrar nossas contas pagas em dia, como de luz e água. É importante ter acesso a esta pontuação, pois se baseia nos últimos cinco anos.

Para que consiga pensar em alívio financeiro para as dívidas que acabou adquirindo em meio a situações difíceis, como o desemprego, é importante renegociar e fazer um balanço da situação financeira e ir atrás de possibilidades para diminuir as despesas e aumentar a renda.

É necessário entendermos que dinheiro é importante e necessário, e saber usá-lo da forma correta é indispensável para alcançar felicidade. Mudar o comportamento em relação a dinheiro é a alternativa para se viver uma vida mais plena e sustentável. E lembre-se: vale até contar com os centavos!

 

Autora do contéudo - Elis Negrão, jornalista paulistana, casada, mãe coruja, graduada em comunicação institucional, pós graduada em Educação em Direitos Humanos (UNIFESP /UAB), Educação Financeira (UNIS) e com MBA em Empreendedorismo e Gestão de Negócios (UNIS) e Projetos na USP. Criadora do Blog  www.boadybolso.com.